#SOMOSMAFRA
MANTIVEMOS A INVENCIBILIDADE FRENTE AO 1º CLASSIFICADO

Com o empate frente ao Nacional da Madeira, o Clube Desportivo de Mafra manteve a invencibilidade no seu reduto na presente edição da LigaPro.

O ponto alcançado, permite manter o 3º lugar da tabela classificativa, contribuindo desta forma para o objectivo da manutenção no melhor lugar possível da tabela.

Num jogo onde o Mafra se adiantou no marcador por Zé Tiago, o nosso destaque vai para o muito público que compareceu no Municpal de Mafra, apoiando a equipa de forma vibrante até ao último minuto, ajundando a equipa na sua procura para repor a liderança do marcador que foi alterada com o golo do Nacional ao minuto 73.

Numa manhã onde o tempo ajudou, o bom futebol praticado pela nossa equipa e a intensidade do jogo foram sem dúvida um bom espectáculo para quem se deslocou ao Municipal de Mafra ou assistiu na SportTv1.

Como curiosidade adiconal à invencibilidade caseira, o facto de com o golo alcançado por Zé Tiago, o CD Mafra passou a ser uma das equipas com golos marcados contra todos os adeversários da prova. 

-----------
CD MAFRA 1 - 1 CD Nacional

Ao intervalo: 1-0.
 
Marcadores:
1-0, Zé Tiago, 10 minutos.
1-1, Camacho, 74.
 
Equipas:
 
Mafra: Godinho, Rúben Freitas, Juary, João Miguel, Joel, Nuno Rodrigues (Flávio Silva, 82), Tavares, Franco, Lucas Silva (Rui Gomes, 90+1), Zé Tiago (Cazonatti, 90+2) e Paul Ayongo.
(Suplentes: Chastre, Flávio Silva, Areias, Rui Gomes, Gui Ferreira, Miguel Lourenço e Cazonatti).
Treinador: Vasco Seabra.
 
Nacional: Daniel, Kalindi, Mosevich, Júlio César, Witi, Camacho (Evouna, 89), Nuno Borges, Vítor Gonçalves, Gorré (Perotti, 72), Rúben Micael (Jota, 72) e Brayan Riascos.
(Suplentes: Ohoulo, Sosa, Jota, Perotti, Evouna, Marcelo Freitas e Rui Correia).
Treinador: Luís Freire.
 
Árbitro: Iancu Vasilica (AF Vila Real).
 
Ação disciplinar: cartão amarelo para Juary (45), Nuno Borges (54), João Miguel (76), Paul Ayongo (90+1).
 

Um website emjogo.pt